quarta-feira, 2 de novembro de 2016

Presos fazem rebelião em presídio de Picos e dois morrem, diz polícia Militar

Briga entre presos teria começado em um dos pavilhão no banho de sol. Até as 20h50, os policiais ainda tentavam controlar a rebelião.


imagem ilustrativa
Detentos da penitenciária José de Deus Baros, em Picos a 310 km ao Sul de Teresina, iniciaram uma rebelião por volta das 12h desta quarta-feira (2), e dois detentos morreram após uma briga entre eles. Segundo o major Edwaldo Viana, comandante do 4° Batalhão da Polícia Militar, a rivalidade entre facções teria sido o motivo.

“Ao meio dia um preso furou o outro durante o banho de sol. Um dos agentes penitenciários viu e deu um tiro de borracha para tentar impedir a morte, só que o tiro pegou em uma região delicada e tanto o que foi furado quanto o que foi baleado morreram ainda no presídio. Toda essa confusão é devido a rivalidade entre facções”, contou.”, disse.

Ainda segundo o major, logo após as mortes os outros presos se rebelaram e tomaram os pavilhões. “Os quatro pavilhões foram tomados por presos, porém policiais militares foram acionados e conseguiram conter os detentos dos pavilhões um e dois, já três e o quatro está mais complicado. Até para retirar os dois corpos houve dificuldade”, contou.

Até as 20h50, os policiais ainda tentavam controlar a rebelião. O G1 tentou falar com a direção do presídio e com a assessoria da Secretaria de Justiça do Piauí, mas ninguém foi encontrado para falar sobre o assunto.

Ellyo TeixeiraDo G1 PI

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe sua opinião. Ela é muito importante para nós...