quarta-feira, 28 de setembro de 2016

A história na sarjeta: política sem futuro!


Tem repercutido nas redes sócias, blog e comícios, de forma negativa, o comportamento político do Antônio José dos Santos Lima, o Toinzinho. Depois de ter sido denunciado formalmente à justiça, por desmandos e sucateamento da prefeitura, pelo então prefeito recém-eleito Kim do Caranguejo, Toinzinho sela, com um beijo na cabeça do denunciante, o fim de um legado político deixado por seu pai Antônio de Pádua.

Companheiros de jornadas passadas, indignados, repudiam o pouco caso com que Toinzinho trata a história política da família, sendo inclusive testemunha de ataques verbais contra o pai no palanque dos seus aliados de ocasião. O candidato a vereador, Chico da Roxa, em seu discurso no grande comício do Camurupim, na noite de ontem, foi um dos que repudiou e pediu que o filho respeitasse a história do pai.

Além das propostas de Adriane Prado para continuar trabalhando por Luís Correia, a família foi tema de vários discursos. Batistas do Nelson, liderança da região do Brejinho, chamou atenção para a importância da família se manter unida em um mesmo projeto, e disse: “a única vez que briguei com a família, fui traído por este mesmo Kim. E quem trai uma vez, trai duas, três.. Com a família não se briga.”

Dado a situação fica a pergunta: quem ganha com essa enxurrada de desrespeito que leva para a sarjeta a história de um dos maiores líderes político de Luís Correia? Quem se beneficia com o escracho moral praticado em palanque? A política do vale tudo não constrói futuro digno para ninguém.

por Daniel Fossey

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe sua opinião. Ela é muito importante para nós...