sábado, 7 de março de 2015

No Piauí, quase 400 mil famílias perdem desconto na conta de luz




Quase 400 mil famílias perderam o benefício da tarifa social de energia nos últimos anos no PIAUÍ. Ele garante descontos na conta de luz de quem ganha até meio salário mínimo. De acordo com a Agência Nacional de Energia Elétrica (ANEEL) nesse ano 143 mil famílias piauienses serão excluídas do benefício.

A dona de casa Cândida Leão recebe R$ 132 de benefício Bolsa Família, a única renda para cuidar de dois netos em uma casa simples na Vila Wall Ferraz, Zona Sul de Teresina. No imóvel tem geladeira e máquina de lavar, dois dos eletrodomésticos que mais encarecem a conta de energia no fim do mês. De acordo com a mulher gasta em torno de R$ 50 só com a conta de energia. “Só com o benefício não dar. Se eu tivesse uns R$ 20 a mais seria ótimo, daria para comprar outra coisa para dentro de casa que está faltando”, relatou.


As pessoas que possuem renda de até meio salário mínimo tem direito a redução de até 65% na conta. A medida faz parte do Programa Tarifa Social de Baixa Renda. Até o ano passado 13 milhões de famílias tinham direito ao benefício em todo o país, mas o governo está revisando o cadastro para manter quem realmente precisa e incluir quem ainda não foi cadastrado.

Ao todo, 5.800 mil famílias foram excluídas por não terem atualizado o cadastro do Número de Identificação Social (NIS), duplicidade no cadastro ou ter renda superior a meio salário mínimo. No Piauí só no mês de janeiro 21.400 mil famílias foram excluídas do programa.

Para que essas famílias não percam o prazo de inscrição a Eletrobras orienta que eles devem procurar os órgãos responsáveis com urgência. “Os consumidores que receberam a correspondência devem procurar o Centro de Referência de Assistência Social (Cras) do seu município e fazer a atualização do cadastro”, disse Gileno Pontes, gerente da Eletrobras.

Fonte:G1-PI

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe sua opinião. Ela é muito importante para nós...