domingo, 22 de março de 2015

A quem interessa os ataques contra a Prefeita Adriane Prado de Luís Correia?




Não é difícil identificar os autores de calunias, e quem está por trás desse comportamento velho e sujo praticado em Luís Correia.


Político sério e compromissado com a vida pública, além de ter um passado limpo, deve mostrar resultados para a população, ao contrário do que é visto hoje por pessoas ligadas ao ex-prefeito de um mandato de Luís Correia Kim do Caranguejo (PSB). Ele que agora vive posando em fotografias feitas em obras realizadas pela gestão da sua adversária Adriane Prado (PP), enquanto a mulher trabalha o Caranguejo está tirando foto, pode?.


Recentemente o ex-gestor foi desmentido diante de um oficio do gabinete da Prefeita de Luís Correia, naquela obra da PI 116 que ele dizia através de seus “blogs” ter sido o autor. O documento mostrou que o ex-prefeito estava mentindo, tendo em vista que o ofício do DER-PI confirmando a realização da obra, estava direcionado à Prefeita Adriane Prado, e, não ao Caranguejo, como ele dizia em sua mídia paga.


Não bastasse a mentira, os mesmos donos dos “blogs” que endeusam o ex-prefeito, foram acusados recentemente de estarem por trás de perfis falsos, criados em redes sociais para caluniar e difamar a imagem da adversária política do Caranguejo. Ao receberem a intimação um deles chegou a debochar em seu perfil, da maior autoridade constituída em Luís Correia a prefeita, além de acusá-la de censura e perseguição.


Ora, ora vejam só. A mesma turma que antes patrocinada, batia de maneira covarde na gestão municipal, é hoje a turma “perseguida” e “censurada” pelo município. Sendo assim, seria muito bom que os cidadãos entrassem na vida pessoal dos seus gestores e as fizessem de chacota como vinha sendo feita contra a prefeita, o patrocinador esqueceu de avisar aos seus meninos de recado, que calunia e difamação no Brasil é CRIME.


No popular ditado diz assim “ quem nunca comeu do melado, quando come se lambuza ” e para voltar ao “melado” tem gente capaz de tudo, inclusive de incitar por meio de redes sociais o ódio e o preconceito. Para colocar a população contra a gestão, tem gente capaz de pagar veículos de informação para forjar matérias de que a cidade vive no lixo, na escuridão e na calamidade, e que a culpa de tudo isso é de uma mulher. Atribuindo ao sexo feminino a incapacidade de realizar um papel político “ tem homem achando que mulher é para ficar no fogão ”.


Mas como a mulher hoje é maioria no país, e é delas que devemos lembrar, principalmente quando se trata das professoras de Luís Correia que tiveram no final da gestão do “bonzão” Kim do Caranguejo seus salários atrasados, o que inclui até o décimo terceiro assegurado pela CLT. O mesmo “gestor maravilha” que agora dá a entender que quer salvar o município de um caos que só ele e sua turma ver, é o mesmo que deixou dívidas milionárias ao sair do cargo, não fosse ele o débito que soma mais de R$ 200, 000 (Duzentos Mil Reais) mensais, serviria para agilizar mais ainda os serviços que chegam até o cidadão comum.


É sempre bom refrescar a memória da população, hoje Luís Correia conta com serviços considerados essenciais em pleno funcionamento, saúde, abastecimento, infraesturura, educação e segurança. Bem diferente do tempo em que político derrotado nas urnas se vingava da população, atrasando pagamentos e tocando o terror, mas em períodos de pré-campanha, é comum ver gente querendo transformar capetas em anjos, cabe a cada um usar sua memória e colocar a mão na consciência.


Acompanhar as ações da gestão em fontes confiáveis de informação é bem melhor do que dar crédito ao quanto pior melhor.

Tiago Mendes

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe sua opinião. Ela é muito importante para nós...