segunda-feira, 1 de setembro de 2014

Acusado de ter matado “Paulista” em Luís Correia confessa crime a Polícia

Um jovem de nome Dionatan Costa, mais conhecido como “Cabeção”, se apresentou na manhã da última sexta-feira (29/08) na Delegacia de Polícia Civil de Luís Correia e confessou ser o autor dos disparos que matou Edson Mendes de Oliveira, de 23 anos, conhecido como “Paulista”. O assassinato aconteceu há duas semanas no Bairro Rancho Alegre, em Luís Correia, litoral do Piauí.

Mesmo após confessar ser o assassino de “Paulista”, o acusado saiu normalmente da delegacia, pois segundo a Polícia “Dionatan Cabeção” estava fora do flagrante e não havia nenhum mandato de prisão expedido contra o mesmo.

O assassinato

O crime aconteceu por volta das 13h do dia 21 de agosto, quando “Paulista” foi executado com seis tiros de um revólver calibre 38. De acordo com a Polícia, a execução está ligada a disputa por território pela venda de drogas na região.


Bairro Rancho Alegre, em Luís Correia, onde o homicídio aconteceu. (Foto: Kairo Amaral)

Corpo de “Paulista” sendo removido pelo Instituto Médico Legal (IML).
Por Kairo Amaral

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe sua opinião. Ela é muito importante para nós...