segunda-feira, 27 de agosto de 2018

Marginais arrombam cofre de doações da Igreja de Nossa Senhora do Mont Serrat



Na madrugada desta segunda-feira (27) foi arrombado o cofre de madeira onde os fiéis depositam valores para Igrejinha de Nossa Senhora de Mont Serrat, a primeira padroeira de Parnaíba e a mais antiga do Piauí de que se tem registro em documentos. Esta não é a primeira vez que a igreja é profanada por marginais.


Nossa Senhora do Mont Serrat, conhecida também, por ser padroeira dos navegantes. A pequena ermida foi erigida em 1711 por João Paulo Diniz com a ajuda do coronel Pedro Barbosa Leal e outros moradores da região na rua Duque de Caxias, próximo ao Porto das Barcas para abrigar a santa que veio de Portugal. A primeira padroeira de Parnaíba foi levada para o povoado da hoje cidade de Piracuruca em 1712, por causa dos ataques de índios Tremembés, permanecendo lá até os dias de hoje.

Atualmente a Igreja de Nossa do Mont Serrat abriga uma réplica da santa, a original está no altar mor da Igreja de Nossa Senhora do Monte do Carmo, localizada na Praça Irmãos Dantas, em Piracuruca (PI).


Por José Wilson | Jornal da Parnaíba | Fotos: Helder Fontenele

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe sua opinião. Ela é muito importante para nós...