quarta-feira, 22 de agosto de 2018

Exame pericial comprova estupro de menino de seis anos por jovem de 22 anos no Piauí

Rapaz aproveitou momento de falta de atenção da mãe levou menino para local isolado e cometeu o crime. Irlan de Sousa Rocha, de 22 anos, foi preso em flagrante e será encaminhado para penitenciária de Picos.

Exame de corpo de delito foi realizado no Hospital Regional Justino Luz, em Picos (Foto: Divulgação/Ascom)


Um exame de corpo de delito realizado pelo Samvis no Hospital Regional Justino Luz, na cidade de Picos, comprovou o crime de estupro contra um menino de seis anos, ocorrido na cidade de Aroazes, a 227 km de Teresina. O suspeito, identificado como Irlan de Sousa Rocha, de 22 anos, foi preso em flagrante.


Segundo o delegado Maycon Braga, da delegacia de Valença, o rapaz está preso na carceragem da delegacia. O suspeito foi autuado em flagrante delito pelo crime de estupro de vulnerável. Ele deve ser encaminhado para a Penitenciária José de Deus Barros, na cidade de Picos.


De acordo com a Polícia Militar, a criança estava com a mãe em uma festa que acontecia na cidade Aroazes. Por volta das 4h30min a mãe sentiu falta do menino e começou a procura-lo.


O suspeito foi localizado por volta das 6h da manhã. Ele estava com a criança em um matagal, em um local distante de onde acontecia a festa. O rapaz foi preso pela Polícia Militar e levado para a Delegacia de Valença.


De acordo com o delegado Maycon, apesar do resultado positivo do exame de corpo de delito, o suspeito nega o crime. “Mas contra fatos não há argumentos. São muitos os indícios de que ele praticou o crime”, disse.


Fonte: G1 PI

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe sua opinião. Ela é muito importante para nós...