sábado, 23 de junho de 2018

Mulher mata amante, retalha corpo e serve a vizinhos em churrasco

Apontada como serial kille, ela teria matado 9 pessoas.

Nessa semana, a Polícia dos Estados Unidos divulgou documento detalhando o caso envolvendo a serial killer Kelly Cochran, de 34 anos, condenada a 65 anos de prisão por ter matado o amante e retalhado seu corpo. Segundo o novo documento, ela ainda serviu a carne do copo do amante para os vizinhos durante um churrasco.


De acordo com reportagem do Mirror, Kelly contou em depoimento que convidou o amante, identificado como Christopher Regan, para um jantar, ocasião em que o matou a tiros e desmembrou seu corpo, jogando algumas partes em uma floresta e o restante servindo para os amigos e vizinhos em churrasco.
Serial killer Kelly Cochran (Crédito: Reprodução/Michigan Department of Corrections )

Na época do crime, a mídia americana noticiou que a acusada fez um pacto com marido Jason Cochran, afirmando que mataria pessoas com quem manteve reações fora do casamento. O assassinato do amante seria para 'firmar' o acordo.

Segundo a polícia, ela matou o próprio marido com um travesseiro. Além disso, é pontada como autoria de pelo menos nove homicídios.

“Nossa equipe investigou o caso durante anos. Kelly sufocou o rapaz com um travesseiro, e contou aos detetives que decidiu cumprir o ‘pacto’ em memória do falecido”.

Fonte: Com informações do IG

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe sua opinião. Ela é muito importante para nós...