segunda-feira, 2 de abril de 2018

Empresário Luis Neto, assessor da Prefeitura de Luis Correia, é acusado por desmatamento irregular na Praia da Carnaubinha.


O empresário picoense Francisco da Costa Araujo Filho, mais conhecido como "araujinho" está sendo processado na Comarca de Luis Correia acusado do crime de esbulho possessório, dano qualificado e exercício arbitrário das próprias razões, delitos tipificados nos artigos 161, 163 e 345 do Código Penal.



Segundo a queixa crime apresentada por Janes Cavalcante de Castro, no dia 14 de novembro de 2017, por volta das 19 horas, oito homens apareceram de surpresa no Povoado Carnaubinha com um trator e passaram a derrubar tudo que encontraram pela frente. A operação, segundo a queixa-crime, foi comandada pelo empresário Luiz Nunes Neto, assessor da Prefeitura de Luis Correia e genro do prefeito de Parnaiba Mão Santa.

Araujinho e Luz Neto estão sendo acusados de descumprirem medida liminar que impede qualquer alteração em imóveis situado na Praia da Carnaubinha.

As terras reclamadas por Araujinho estão sob judice e a queixa crime afirma que justiça foi atropelada e que agiram como jagunços. Vários moradores registraram boletim de ocorrência.

Oito pessoas foram arroladas como testemunhas, entre elas o Delegado Maicon Kestner e o major Danilo Palhano.

A queija crime foi ajuizada no dia 24 de novembro de 2017.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe sua opinião. Ela é muito importante para nós...