segunda-feira, 26 de fevereiro de 2018

Concurso Público é lançado em Luis Correia e vai ser elaborado por Instituto envolvido em inúmeras fraudes e investigado pelo Ministério Público.



A empresa Instituto Machado de Assis , de Teresina,Pi, contratado pela Prefeitura de Luis Correia para realizar o próximo concurso público tem péssimas referências, porque já foi questionada a sua idoneidade em vários concursos anteriores no sul do Maranhão e do Piaui, que foram anulados ou suspensos por conta de irregularidades e fraudes encontradas na realização das provas


Em março de 2014, por decisão da Justiça, foi suspenso o concurso público organizado por esta empresa para a Prefeitura de São Benedito do Rio Preto, MA, por ter sido esta empresa contratada irregularmente e por suspeitar da sua idoneidade. A ação judicial foi proposta por um vereador daquele município.

Em Chapadinha, MA, a própria Câmara de Vereadores decidiu por unanimidade propor ações pela anulação de um concurso da Prefeitura , organizado pela empresa Instituto Machado de Assis. Havia graves suspeitas de fraudes, inclusive uma assessora da Prefeita foi aprovada sem estar inscrita no concurso.

Em 2012, o Ministerio Publico do Maranhão entrou com uma ação judicial contra o concurso da Prefeitura de Nova Colinas, MA, realizado também por esta empresa, por ter entre os aprovados a maioria parentes do prefeito e ex-prefeito .

Em setembro de 2014, a referida empresa Instituto Machado de Assis organizou o concurso da Prefeitura de Nossa Senhora dos Martirios, MA, que foi apelidado de “concurso a jato”, por ter divulgado a lista dos aprovados em menos de 30 dias e já dando posse aos mesmos. Vários participantes deste concurso denunciaram suspeitas de fraudes por constar na lista dos aprovados muitas pessoas ligadas ao círculo de amizades do prefeito e pessoas que já exerciam cargo de confiança na Prefeitura.

O Instituto Machado de Assis foi também denunciado pelos participantes do concurso da Prefeitura de Chapadinha, MA, por suspeitas de irregularidades, tais como um candidato com duas inscrições diferentes, pessoas ligadas ao prefeito comemorando aprovação antecipadamente, falta de fiscalização em celulares, questões repetidas de outros concursos, muitas questões anuladas, etc.

O Instituto Machado de Assis, ao divulgar o resultado preliminar do concurso da Prefeitura de Paraibano, MA, causou suspeitas graves por haver aprovados em primeiro lugar que acertaram todas as questões das provas.






Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe sua opinião. Ela é muito importante para nós...