segunda-feira, 6 de novembro de 2017

Mulher é morta com pedrada após resistir suposto abuso sexual


Pedra usada no crime. Foto: Mural da Vila


Uma mulher identificada como Maria Elzenir de Sousa foi assassinada na noite desse domingo (05) na cidade de Oeiras, distante 313 quilômetros de Teresina. O principal suspeito do crime é um amigo do filho da vítima, André Lucas de Sousa Nascimento, que foi preso em flagrante.


Maria Elzenir foi morta com uma pedrada, que destruiu parte do seu crânio. O delegado da Polícia Civil, Francisco Rodrigues, informou ao Cidadeverde.com que a mulher foi assassinada após resistir a um suposto abuso sexual.


“A impressão é de que ele tentou forçar um ato sexual com ela. A mulher resistiu e ele a matou com uma pedrada”, conta o delegado, que analisa o caso como feminicídio. O crime aconteceu dentro da casa da vítima, que no momento estava confraternizando com o filho e o namorado.


A polícia constatou marcas de mordidas no pescoço da vítima. O corpo foi encaminhado para perícia na cidade Picos, que vai confirmar se houve ou não abuso sexual.


Izabella Pimentel
redacao@cidadeverde.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe sua opinião. Ela é muito importante para nós...