sexta-feira, 20 de janeiro de 2017

MENTIRAS E VERDADES NA EDUCAÇÃO em Luis Correia



Todo mundo sabe que na educação de Luís Correia a secretaria nada sabe e, portanto nada pode dizer, a não ser autorizada pela sobrinha. A sobrinha já foi secretaria por dois anos na gestão passada. Quando em janeiro de 2013, os professores e administrativos da rede municipal de ensino e o sindicato foram reclamar que não tinham recebido os 50% (cinquenta por cento) do 13º salário e nem o mês de dezembro e foi constatado que ficou na conta do FUNDEB apenas um pouco mais de R$ 12.000,00 (doze mil reais), embora tenha entrado na referida conta no mês de dezembro 2012 um valor acima de R$ 1.460.000,00 (hum milhão quatrocentos sessenta mil reais), o que deveria ser feito: pegar os doze mil e dividir com todos os professores e administrativos da educação e depois parcelar o restante. 

Pois bem, o que foi realizado foi diferente do que se observa agora, a gestão passada pagou no mês de janeiro, com apenas R$ 12.000,00 deixada pelo ex-prefeito, os 50% do décimo terceiro salário, mês de dezembro e mês de janeiro, além do LCPREV. Não deu desculpa de forma nenhuma, porque o recurso do FUNDEB pode ser usado para débitos em atraso com o funcionário efetivo, não podendo ser usado pagar outras divida. 

E no mês de Janeiro a única obrigação do prefeito e da secretaria de educação é o pagamento dos professores e administrativos efetivos da educação.

SLOGAN NA EDUCAÇÃO

Os professores e administrativos criaram slogan na educação municipal de Luís Correia: “Educação é para ensinar e não para fuçar, você que esta fuçando na secretaria de educação vai fuçar em outro lugar e leve junto a pelega da Floriza que só serve para se dar bem e nos enganar e maltratar”

por Daniel Fossey


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe sua opinião. Ela é muito importante para nós...