quinta-feira, 1 de dezembro de 2016

Falsa oferta de emprego deixa mais de 200 trabalhadores do PI no prejuízo

Agenciador aliciou trabalhadores e teria aplicado golpe de R$ 120 mil. Valores seriam para pagar passagens de avião até a cidade de Chapecó.



Cerca de 220 trabalhadores da cidade de Demerval Lobão, a pouco mais de 30 km ao Sul de Teresina, foram vítimas de um golpe. Eles teriam sido convocadas para trabalhar em uma empresa na cidade de Chapecó, em Santa Catarina, e chegaram a pagar as passagens. No entanto, o embarque não aconteceu.

As vítimas, bem como os facilitadores no município, procuraram a Delegacia de Polícia após o dia 28 de novembro, quando estava programada a saída. Os trabalhadores iriam viajar de avião e teriam pago, em média R$ 550, causando um prejuízo total de mais de R$ 120 mil. As falsas vagas de trabalho eram destinadas para o setor de construção civil.

De acordo com o agente de polícia Emídio Mendes, um morador do município já teria trabalhado nesta mesma empresa. Um colega de trabalho de Chapecó ligou para ele informando que tinham novas vagas disponíveis.

“Esse amigo dele passou o contato de um agenciador que ficaria responsável por fazer o planejamento da viagem. Todo dinheiro foi depositado e seria para pagar as passagens de avião. Momentos antes da viagem, o agenciador desapareceu”, relatou o agente de polícia.

As vítimas têm buscado a delegacia para prestar queixas. A Polícia Civil convoca que os trabalhadores lesados compareçam ao distrito para prestar depoimento e provas de que sofreram o golpe.


Beto MarquesDo G1 PI

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe sua opinião. Ela é muito importante para nós...