terça-feira, 1 de novembro de 2016

Juliana falcão não quer aliança e ficará na oposição a Wellington


Deputada estadual diz que não tem como fazer parte do governo petista e permanecerá como opositora na assembleia legislativa do estado


Parlamentar reitera que seguirá como opositora (Foto: Jailson Soares/Politica Dinamica)

A deputada estadual Juliana Falcão afirmou nesta segunda-feira (31) que não seguirá o PMDB na ida para a base do governador Wellington Dias (PT). Em reunião convocada pelo presidente do Diretório Estadual do partido, deputado federal Marcelo Castro, a deputada voltou a reiterar sua posição contrária a aliança.


"Eu tenho minha posição e esta posição é bem clara. Sempre deixei claro em relação a isso. Não tem como eu ir para o governo. Mas o nosso partido é democrático e acho que as pessoas têm que se acomodar da forma que elas acham. Mas minha posição é essa: não vou para o governo e ficamos nessa situação de oposição", falou a deputada.


Questionada sobre como vai se comportar na Assembleia Legislativa estando de lado oposto aos seus colegas de partido, a deputada disse que não haverá nenhum problema de diálogo e que a relação com seus pares será sadia. De todos os deputados presentes na reunião do PMDB, apenas ela se posicionou contra a ida para o governo.


O ex-ministro João Henrique Sousa, que também é contra a aliança, não estava no encontro. As conversas para definir o embarque do PMDB no governo de Wellington Dias continuam e o martelo deve ser batido nos próximos dias.


Por Gustavo Almeida/Política Dinâmica

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe sua opinião. Ela é muito importante para nós...