segunda-feira, 28 de novembro de 2016

Homem testemunha mulher sendo torturada em Teresina e aciona polícia


O caso aconteceu em um terreno baldio no bairro Planalto Uruguai. Duas mulheres estavam batendo e furando a vítima com uma tesoura.

Central de Flagrantes de Gênero de Teresina (Foto: Fernando Brito/G1)

Um homem presenciou uma mulher ser agredida, conseguiu intervir e impedir que a violência tomasse uma proporção maior. O caso aconteceu na manhã desta segunda-feira (28) em um terreno baldio no bairro Planalto Uruguai, Zona Leste de Teresina. Segundo a testemunha, duas mulheres estavam batendo, chutando e furando a vítima com uma tesoura. O homem, que não quis ter o nome revelado, acionou a polícia.

“Eu estava saindo para o trabalho quando o meu vizinho me chamou e me contou que essa mulher estava sendo agredida no terreno ao lado do meu condomínio. Como não sabíamos exatamente o que estava acontecendo, chegamos acelerando o carro para assustar. As duas então largaram a vítima e fugiram em um veículo prata”, contou Everardo Santos, que testemunhou o ocorrido.

Segundo a testemunha, a mulher relatou que estava saindo do Hospital Universitário quando foi abordada pelas duas mulheres e obrigada a entrar no veículo. “Elas estavam com tesouras e após sequestrá-la, levaram para esse terreno ao lado do meu condomínio e deram chutes, tapas, furaram ela varias vezes com a tesoura, cortaram o cabelo, foi uma verdadeira tortura. Quando chegamos ela estava toda suja e machucada. Fiz o socorro e a levei para o Hospital do Satélite”, relatou o homem.

Segunda a testemunha, a vítima chegou a relatar que as duas mulheres são irmãs e um delas é ex-mulher do seu atual namorado. O homem conseguiu anotar a placa do carro e acionou a polícia pelo 190. Após receber atendimento médico, vítima e testemunha foram até a Central de Flagrantes para registrar a ocorrência e prestar depoimento.

O caso segue em investigação e a Polícia Militar realiza diligência para localizar as duas mulheres.

Juliana BarrosDo G1 PI

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe sua opinião. Ela é muito importante para nós...