sábado, 22 de outubro de 2016

Saiba mais detalhes do caso: Criança de apenas dois anos morre após ser estuprada no Litoral do Piauí


Pai foi encaminhado para prestar depoimento e é principal suspeito do crime. Criança morreu na sexta (21) e foi enterrada neste sábado na cidade.



O velório de uma criança de apenas dois anos que morreu após ser estuprada na cidade de Ilha Grande, no litoral do Piauí, foi realizado durante todo este sábado (22). De acordo com a Polícia Civil, ela morreu nessa sexta-feira (21) e o principal suspeito de cometer os estupros é o próprio pai, que tem 50 anos.

“A criança já estava há uns quatro dias caminhando para o Hospital Dirceu Arcoverde, segundo a família, se queixando de dores no ânus, mas sempre era medicada e liberada. Já da última vez, quando a criança faleceu, a medica que fez o atendimento desconfiou, inclusive foi constatado que ela estava com uma doença sexualmente transmissível. Ainda na sexta, a médica acionou a polícia e começamos a investigação”, explicou o Robson Castilho, policial civil que investiga o caso.

O corpo da criança foi encaminhado para o Instituto de Medicina Legal (IML) em Teresina e, segundo a polícia, o laudo confirmou o estupro. “Com a confirmação do laudo e por o pai já ter passagem por crime semelhante recebemos a determinação do delegado para encaminhá-lo para o depoimento, mas ele nega. Ele foi encaminhado para realização dos exames necessários, mas foi liberado, por não ser flagrante e também precisamos dos resultados dos exames para confirmar ou não”, disse.

A polícia ainda informou que já tem uma equipe em campo buscando colher mais informações sobre o crime. “Estamos tentando identificar o responsável por esse crime, se a família tem ou não participação e, se tiver, quem tinha conhecimento, além de saber desde quando isso acontecia. Era um menino magro e estava com alguns hematomas. Estamos investigando tudo”, contou.

O crime chocou a população de Ilha Grande e, de acordo com a polícia, a comunidade está bastante abalada com o crime. A polícia ainda segue no local investigando o caso. “Continuamos monitorando a família, está todo mundo abalado, principalmente o pessoal da cidade, que é uma comunidade pequena. Já estamos com uma equipe no local e esperamos solucionar o mais rápido possível”, finalizou.

O menino de apenas dois anos foi enterrado ainda no final da tarde deste sábado (22) em um cemitério da cidade.


Juliana BarrosDo G1 PI

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe sua opinião. Ela é muito importante para nós...