sábado, 29 de outubro de 2016

No PI, salões se mobilizam para doar perucas a mulheres vítimas de câncer

Em Parnaíba, salão já recebeu mais de 200 voluntárias que doaram os fios. Campanhas acontecem dentro do movimento 'Outubro Rosa'.


Rosângela Albuquerque é idealizadora de campanha em Parnaíba (Foto: Rosângela/Arquivo Pessoal)

Qual mulher não gosta de passar horas em um salão de beleza cuidando dos cabelos? Para muitas mulheres, perder os cabelos durante terapias de combate ao câncer, pode representar um golpe certeiro em sua autoestima. Em Teresina e Parnaíba, no Litoral do Piauí, grupos de voluntários realizam campanhas de doação de cabelos no intuito de levar beleza e dignidade a pacientes em tratamento contra a doença. Desde o início do mês, foram mais de 200 doações somente na cidade parnaibana.

Incentivados pelo movimento nacional “Outubro Rosa”, que visa alertar a sociedade sobre a prevenção do câncer de mama, os voluntários doam suas mechas, que são recolhidas e tratadas por profissionais da beleza e doadas para instituições e estas produzem perucas que são doadas.

Perucas são disponibilizadas para as pacientes atendidas pela instituição (Foto: Patrícia Andrade/G1)

Segundo a fisioterapeuta Rosângela Albuquerque, idealizadora da campanha em Parnaíba “Doe mechas por sorrisos”, as doações de perucas são muito importantes, pois, com a autoestima elevada, as pacientes reagem melhor ao tratamento. A proposta da campanha é a criação de um banco permanente de perucas para a cidade de Parnaíba.

“As perucas melhoram a autoestima das mulheres e elas reagem ao tratamento que já é tão difícil. Muitos médicos dizem que quando os cabelos começam a cair, as mulheres ficam tristes e acabam ficando doentes”, disse.

O hair stylist Marcos Lima é voluntário na campanha e já mobilizou mais de 30 mulheres a doarem alguns centímetros de seus cabelos. Para ele, além da autoestima restaurada nas pacientes, a mobilização chama a atenção das pessoas para a realidade do câncer de mama.

“É uma boa ação para ajudar alguém e muita gente já aderiu, até mesmo crianças. Nosso objetivo é também alertar as pessoas sobre a prevenção. Muitas mulheres que participam nunca tinham feito nenhum exame de prevenção. Queremos chamar a atenção de todos através dessa corrente do bem. Cada um faz um pouco para ajudar uma vida”, falou.

O hair stylist Marcos Lima é um dos voluntários na campanha (Foto: Marcos Lima/Arquivo Pessoal)

Em Teresina, outra voluntária também tem mobilizado suas clientes a participarem da causa. A empresária Suzanne Nunes iniciou uma campanha de doação de mechas no início de outubro, em seu salão de beleza, na Zona Leste da capital, e já conquistou a adesão de mais de 20 clientes. As mechas recolhidas pela empresária são destinadas à Fundação Maria Carvalho Santos, que acolhe mulheres em tratamento contra o câncer de mama, em Teresina.

“É difícil a mulher desapegar de seu cabelo, mas, mesmo assim, muitas clientes têm participado. A gente ajuda as pessoas e ainda conscientiza sobre os cuidados contra o câncer. A doação é algo que todos podem fazer, é fácil. Você ajuda e ainda muda o visual”, disse.

Segundo estimativas do Instituto Nacional do Câncer (INCA) para 2016, no Piauí, devem ser registrados 580 novos casos de câncer de mama, destes, 230 casos somente em Teresina.

Serviço (Veja locais para doação)

Teresina - Rua Francisco Azevedo, 1441 - Jockey Clube (até o dia 31 de outubro)
Parnaíba - Avenida Nossa Senhora de Fátima, 1077 ( Segundas, terças e quartas / até 30 de novembro)

Do G1 PI

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe sua opinião. Ela é muito importante para nós...