segunda-feira, 8 de agosto de 2016

Eleitor sério quer justiça


Luís Correia pode se livrar, amanhã, de um estorvo, um obstáculo a menos no caminho da modernidade e transparência no trato da coisa pública:

Está pautado para o dia 09 de agosto, a apelação cível interposta pelo ex-prefeito de Luís Correia, Francisco Araújo Galeno, conhecido “Kim do Caranguejo”, condenado pela Justiça em ação civil por ato de improbidade administrativa. Caso a sentença seja confirmada pelo Tribunal de Justiça, “Kim do Caranguejo” estará inelegível por 03 (três) anos, não podendo se candidatar nas próximas eleições municipais.

O procurador Antônio de Pádua Ferreira Linhares opinou “pela manutenção da sentença recorrida em todos os seus termos”. Para o procurador “não pode ser considerado razoável e proporcional que um gestor do Poder Executivo encerre o seu mandato eletivo sem cumprir o dever de prestar contas públicas”.

Hoje a administração pública deve ser pautada pela transparência. O país inteiro passa por uma verdadeira limpeza: improbidade administrativa, caixa 2, corrupção, formação de quadrilha e outros crimes, tem ocupado os noticiários, cassado mandatos e enchido cadeias. É necessário que essas práticas sejam extintas, abolidas, de uma vez por todos do cotidiano político administrativo do pais, incluindo aí, estados e municípios.

O eleitor não pode achar que isso é brincadeira. Está em jogo a condução de Municípios, Estados e a própria Nação. Com as eleições municipais chegando, é hora de o eleitor valorizar seu voto e avaliar conscientemente de que lado quer está, se o da transparência, do desenvolvimento, da legalidade democrática, ou como coadjuvante nesse processo que envergonha a todos. Valorize seu voto. E não pense que você não tem nada com isso.

por Daniel Fossey

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe sua opinião. Ela é muito importante para nós...