sábado, 18 de junho de 2016

Dia 16 de junho é comemorado o dia internacional da tartaruga marinha



O Instituto Tartarugas do Delta celebrou o dia 16 de junho com muita satisfação a Lei que reconhece a tartaruga marinha como patrimônio natural do município de Parnaíba, um projeto apresentado pelo vereador Ricardo Veras, aprovado em plenário da câmara e sancionada pelo Prefeito Florentino Veras Neto no dia 19 de maio.



“Nosso litoral tem o privilegio de ser lugar de desova da rara tartaruga-de-couro. Esse fenômeno ocorre regularmente no litoral piauiense e no Espirito Santo. Porque não gerarmos oportunidade de geração de renda com o turismo em função disso?” relatou Ricardo Veras, vereador.


Para Werlanne Magalhães, coordenadora do Instituto, com a Lei aprovada as possibilidades de trabalho de conservação irão aumentar. “As pessoas precisam compreender que a CONSERVAÇÃO é um caminho que garante uma qualidade de vida e saúde ambiental. Conservar as tartarugas marinhas significa contribuir com o processo de gestão ambiental e consequentemente vamos cuidar na praia, criar oportunidades para atividades de turismo, esporte, educação e lazer na comunidade local”, afirmou Werlanne.


Reconhecer as tartarugas marinhas como patrimônio natural é muito importante para fortalecer o trabalho de conservação das espécies ameadas de extinção, promover o turismo e proporcionar uma identidade socioambiental para a comunidade da Pedra do Sal.


Como encaminhamento o Instituto Tartaruga do Delta dialoga com a secretaria de turismo um cronograma de atividades a ser realizado no dia 09 de julho, dia municipal da tartaruga marinha.


Instituto Tartarugas do Delta

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe sua opinião. Ela é muito importante para nós...