sexta-feira, 20 de novembro de 2015

PF apreende 360 kg de cocaína e maconha que tinham Parnaíba como destino

Apreensão ocorreu na cidade de Floriano. Um suspeito foi preso e dois conseguiram fugir.



A Polícia Federal efetuou, nas primeiras horas desta quinta-feira (19), a prisão em flagrante de um homem identificado pelas iniciais W.J.S., portando, aproximadamente, 60 kg de cocaína e 300 kg de maconha.

O flagrante ocorreu nas proximidades da ponte que liga os Estados do Piauí e Maranhão, na cidade de Floriano, a 248 km de Teresina. Segundo a PF, a droga tinha como destino a cidade de Parnaíba, no litoral do Piauí.

Durante a ação, também foram apreendidos dois veículos – uma Toyota SW4 (OMQ-7679) e uma Strada (OBR-8551), com placas de Anápolis (GO) e Goiânia (GO), respectivamente.


Havia três pessoas dentro dos dois veículos, mas duas conseguiram fugir por um matagal próximo à ponte onde ocorreu a interceptação.

Toda a droga estava escondida num fundo falso da Strada, cujo motorista foi preso. Os outros dois suspeitos estavam na SW4, dando suporte ao condutor da Strada.

Ao perceber que a picape havia sido interceptada, a dupla tentou fugir na SW4, mas os policiais federais iniciaram uma perseguição e conseguiram parar o carro atirando nos pneus. Mesmo assim, não foi possível impedir a fuga dos outros dois suspeitos.

Só este ano, em Teresina e Parnaíba, a Polícia Federal já havia apreendido 840 kg de maconha, 90 kg de cocaína e 15 kg de skank – uma espécie de maconha cultivada em laboratório e com efeito mais intenso sofre o organismo.

Com a nova apreensão feita nesta quinta-feira, o montante total de drogas retiradas do mercado chega a 1,3 tonelada.

De acordo com o delegado Marcos Alberto Costa, titular da Delegacia da Polícia Federal em Parnaíba, o homem que foi preso disse ter recebido R$ 1.000 para realizar o transporte da droga. Esta versão, contudo, é contestada pela PF. Conforme relata o delegado, as quadrilhas de traficantes com atuação interestadual costumam pagar valores bem maiores para os transportadores, chegando a R$ 10 mil.


Apreensão ocorreu na cidade de Floriano. Um suspeito foi preso e dois conseguiram fugir.

A Polícia Federal efetuou, nas primeiras horas desta quinta-feira (19), a prisão em flagrante de um homem identificado pelas iniciais W.J.S., portando, aproximadamente, 60 kg de cocaína e 300 kg de maconha.

O flagrante ocorreu nas proximidades da ponte que liga os Estados do Piauí e Maranhão, na cidade de Floriano, a 248 km de Teresina. Segundo a PF, a droga tinha como destino a cidade de Parnaíba, no litoral do Piauí.

Durante a ação, também foram apreendidos dois veículos – uma Toyota SW4 (OMQ-7679) e uma Strada (OBR-8551), com placas de Anápolis (GO) e Goiânia (GO), respectivamente.

Havia três pessoas dentro dos dois veículos, mas duas conseguiram fugir por um matagal próximo à ponte onde ocorreu a interceptação.

Toda a droga estava escondida num fundo falso da Strada, cujo motorista foi preso. Os outros dois suspeitos estavam na SW4, dando suporte ao condutor da Strada.

Ao perceber que a picape havia sido interceptada, a dupla tentou fugir na SW4, mas os policiais federais iniciaram uma perseguição e conseguiram parar o carro atirando nos pneus. Mesmo assim, não foi possível impedir a fuga dos outros dois suspeitos.

Só este ano, em Teresina e Parnaíba, a Polícia Federal já havia apreendido 840 kg de maconha, 90 kg de cocaína e 15 kg de skank – uma espécie de maconha cultivada em laboratório e com efeito mais intenso sofre o organismo.

Com a nova apreensão feita nesta quinta-feira, o montante total de drogas retiradas do mercado chega a 1,3 tonelada.

De acordo com o delegado Marcos Alberto Costa, titular da Delegacia da Polícia Federal em Parnaíba, o homem que foi preso disse ter recebido R$ 1.000 para realizar o transporte da droga. Esta versão, contudo, é contestada pela PF. Conforme relata o delegado, as quadrilhas de traficantes com atuação interestadual costumam pagar valores bem maiores para os transportadores, chegando a R$ 10 mil.




Por: Maria Clara e Cícero Portela/O Dia

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe sua opinião. Ela é muito importante para nós...